20 SET 2019
01 SET 2016
20º CBC: Controladoria auxilia companhias em momento de crise
Por Juliana Oliveira
RP1 Comunicação

Área é responsável por fornecer dados qualificados para tomadas de decisão e transparência

A controladoria não é uma ciência nova, mas as mudanças exigidas pela sociedade e a crise econômica têm valorizado a área. Segundo o presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul (CRCRS) e especialista em controladoria, Antônio Palácios, o fenômeno ocorre porque a sociedade mudou. “A sociedade não aceita mais que lhe sejam apresentadas informações que não sejam seguras e confiáveis, que não estejam fundadas em registros contábeis. O mercado, por sua vez, não permite falhas, ele exige tomadas de decisões precisas”.

A controladoria é responsável por transformar dados contábeis e financeiros em informações qualificadas compreensíveis para os gestores e para a sociedade. Segundo Reinaldo Guerreiro, professor da Universidade de São Paulo (USP), a controladoria atua em três estágios. “O primeiro é na preocupação com registros de atos e fatos contábeis. O segundo é orientando, com base nas informações extraídas, a execução e controle do planejamento e orçamento das atividades. O terceiro é na otimização dos resultados”, afirma. Para ele o objetivo da controladoria é a economia global da organização e a prestação de informação transparente.

Nem todas as organizações contam com áreas de controladoria estruturadas, mas Guerreiro defende que elas são necessárias para empresas de qualquer tamanho. “Todas as empresas precisam dar transparência às suas contas e obter informações qualificadas para tomar decisões eficientes, mas sem dúvida, nas grandes empresas isso é vital”, diz.

O tema é relevante e será discutido no 20º Congresso Brasileiro de Contabilidade (CBC), realizado pelo Conselho Federal de Contabilidade, em Fortaleza, de 11 a 14 de setembro.  O painel A Crescente Importância da Controladoria nas Organizações, ocorrerá no dia 13, às 14h, nas salas 2 e 3 do auditório do Centro de Eventos do Ceará. Contará com a participação de Reinaldo Guerreiro; do Chief Financial Officer e Head de Riscos & Compliance da ArcelorMittal Brasil e diretor-presidente da Fundação de Seguridade Social da ArcelorMittal Brasil, Paulo Wanick; e do presidente das Associação Europeia de Contabilidade, Salvador Carmona. A coordenação do painel será feita por Antônio Palácios.

A programação completa e mais informações podem ser conferidas em cbc.cfc.org.br.